MUNDO DA CERVEJA


Seja responsável. Beba com moderação.

NOTÍCIAS

 
O AB Inbev, que integra marcas como Stella Artois, Leffe, Franziskaner, Lowenbrau e Beck’s, anunciou que é o grupo cervejeiro mais eficiente em poupança de água, numa quantidade equivalente à água usada na produção de 4 mil milhões de latas de cerveja.

Os valores respeitam a 2013 e 2014, anos em que o grupo redobrou os esforços ambientalistas. “Acreditamos ter um papel importante de abordar os desafios ambientais mundiais mais críticos”, afirma o CEO, Carlos Brito, referindo a relevância de “fazer esforços para a eficiência da água”.

Em 2015, o AB InBev tem apostado na participação dos funcionários na iniciativa Global Walk for Water, de sensibilização para a poupança nas comunidades, e em campanhas como a Buy a Lady a Drink, de promoção da água potável em países em vias de desenvolvimento.


O grupo pretende manter-se à frente dos outros grandes fabricantes de cerveja, não só na eficiência da água e no apoio às comunidades, mas também na redução das emissões de gases de efeito de estufa, um dos Global Environmental Goals para 2017 já atingido pelo AB InBev.

Fontes:
AB Inbev e Sustainable Brands
Tags: cerveja || beck's || stella artois || ab inbev || buy a lady a drink || água || água potável || fabrico de cerveja || leffe || Franziskaner || löwenbräu || latas || ambiente || ambientalista || sustentável || poupança || eficiência
 
 
Os maiores produtores europeus de cerveja querem passar a apresentar a contagem de calorias nas suas bebidas alcoólicas, de modo a fornecerem aos consumidores mais informações sobre os produtos.

A proposta foi adiantada pela Brewers of Europe, organização que engloba 29 associações nacionais na Europa. O Anheuser-Busch InBev, grupo detentor de marcas como Beck’s, Stella Artois, Leffe, Franziskaner e Hoegaarden, é um dos principais apoiantes da ideia.

“Queremos que os consumidores europeus compreendam os ingredientes da cerveja e como essas cervejas podem integrar um estilo de vida equilibrado”, afirmou o Diretor da Brewers of Europe, Pierre-Olivier Bergeron, realçando a possibilidade de comparação da informação nutricional do produto com outras bebidas, alcoólicas ou não.

A maior preocupação dos consumidores com a saúde, nos mercados desenvolvidos, é um dos motivos para esta aposta por parte da indústria cervejeira, numa óptica de mostrar que a cerveja é produzida com ingredientes naturais e pode até ter benefícios para a saúde. Depois da Europa, estes fabricantes de cerveja podem procurar fazer o mesmo nos Estados Unidos.

Fontes: Wall Street Journal e Medical Xpress
Tags: cerveja || consumo de cerveja || beck's || stella artois || europa || ab inbev || saúde || álcool || leffe || indústria cervejeira || Brewers of Europe || consumidores || informação nutricional || Hoegaarden || Franziskaner