MUNDO DA CERVEJA


Seja responsável. Beba com moderação.

NOTÍCIAS

 
Os maiores produtores europeus de cerveja querem passar a apresentar a contagem de calorias nas suas bebidas alcoólicas, de modo a fornecerem aos consumidores mais informações sobre os produtos.

A proposta foi adiantada pela Brewers of Europe, organização que engloba 29 associações nacionais na Europa. O Anheuser-Busch InBev, grupo detentor de marcas como Beck’s, Stella Artois, Leffe, Franziskaner e Hoegaarden, é um dos principais apoiantes da ideia.

“Queremos que os consumidores europeus compreendam os ingredientes da cerveja e como essas cervejas podem integrar um estilo de vida equilibrado”, afirmou o Diretor da Brewers of Europe, Pierre-Olivier Bergeron, realçando a possibilidade de comparação da informação nutricional do produto com outras bebidas, alcoólicas ou não.

A maior preocupação dos consumidores com a saúde, nos mercados desenvolvidos, é um dos motivos para esta aposta por parte da indústria cervejeira, numa óptica de mostrar que a cerveja é produzida com ingredientes naturais e pode até ter benefícios para a saúde. Depois da Europa, estes fabricantes de cerveja podem procurar fazer o mesmo nos Estados Unidos.

Fontes: Wall Street Journal e Medical Xpress
Tags: cerveja || consumo de cerveja || beck's || stella artois || europa || ab inbev || saúde || álcool || leffe || indústria cervejeira || Brewers of Europe || consumidores || informação nutricional || Hoegaarden || Franziskaner
 
 
Pela primeira vez em oito anos, os alemães consumiram mais cerveja. Em 2014, os números apontam para cerca de 107 litros por pessoa.

O aumento é justificado pelo tempo mais ameno, registado ao longo do ano, e pela vitória da selecção alemã de futebol, no Campeonato do Mundo do Brasil. O incremento no volume de vendas total é ainda atribuído ao crescimento das exportações de cerveja alemã para os EUA e para a China, onde o produto se está a tornar mais popular. A cerveja mais célebre - Pilsner - está disponível em marcas como Beck's ou Stella Artois.

"Estamos a viver um renascimento da cerveja e do seu fabrico", referiu o presidente da Associação Alemã de Fabricantes de Cerveja, Hans-Georg Eils, que espera ver novos tipos de cerveja emergir, em 2015.

O último aumento nas vendas de cerveja alemã tinha sido registado em 2006, quando a Alemanha foi a anfitriã do Campeonato do Mundo de Futebol. Apesar do decréscimo nas vendas até 2014, a Alemanha manteve-se, na Europa, como um dos países que mais cerveja consome per capita.

Fontes: Sky News | The Local Germany
Tags: cerveja || alemanha || campeonato do mundo de futebol || mundial de futebol || futebol || consumo de cerveja || pilsner || beck's || stella artois || europa || selecção de futebol || brasil