MUNDO DA CERVEJA


Seja responsável. Beba com moderação.

NOTÍCIAS

 
A convite da Stella Artois, John Legend criou uma canção para celebrar as origens da cerveja belga, no âmbito da campanha natalícia Give Beautifully. Under the Stars é o presente de Natal da marca, em forma de dueto do cantor com as estrelas.

“Para a época festiva, a Stella Artois e eu juntámo-nos para oferecer uma música inspirada nas estrelas” e na ideia de generosidade, revela Legend. Não só se inspira como incorpora mesmo os sons das vibrações das estrelas captados pelos cientistas.

Este dueto único celebra a história da marca: o nome, ‘stella’, que significa ‘estrela’ em Latim, e a criação da cerveja como presente de Natal. Para Legend, “é sobre unir as pessoas por todo o mundo sob as estrelas” (em inglês, ‘under the stars’).

A campanha Give Beautifully é também uma recomendação dos presentes perfeitos para celebrar os momentos passados com as pessoas importantes nas nossas vidas – as nossas “estrelas” –, em parceria com a GILT. O objectivo é perpetuar a ideia e o espírito da dádiva nesta época natalícia.

Tags: cerveja || stella artois || natal || campanha || cerveja belga || música || give beautifully || presente || john legend || under the stars
 
 
A primeira ‘beer bakery’ do mundo abriu, em Londres, durante cinco dias, com uma oferta de padaria inspirada na cerveja. LeffeBeck’s, Stella Artois e Hoegaarden foram algumas das cervejas AB InBev complementadas por estes pães caseiros.

A The Beer Bakery foi uma padaria pop-up criada pelos The Fabulous Baker Brothers, autores de um programa no britânico Channel 4, com o objectivo de celebrar o laço único entre a cerveja e o pão, com a partilha dos mesmos ingredientes naturais.

Um pão de trigo, cevada e ananás, com pedaços, correspondia ao perfil Stella Artois. Inspirado no sabor da Leffe Blond, um pão lêvedo com malte foi a oferta da casa. Já a Beck’s Vier inspirou um pão de sementes com maçã, noz, cevada e trigo; e a Hoegaarden um pão brioche amanteigado e picante, de laranja e coentros.

Foram necessárias mais de 80 horas para refinar as receitas e utilizados 26 tipos de ingredientes naturais, por parte dos The Fabulous Baker Brothers, para encontrar o equilíbrio perfeito entre as cervejas do grupo AB InBev e os vários tipos de pão.

Fontes:
Hobbs House Bakery e KomoNews
Tags: cerveja || beck's || stella artois || ab inbev || leffe || Hoegaarden || padaria || beer bakery || the fabulous baker brothers || beck's vier || leffe blond || pão
 
 
A cerveja Stella Artois está a preparar uma experiência multissensorial intitulada Sensorium, que consiste num jantar especial com cinco pratos baseados nos cinco sentidos que a marca desperta.

Os pratos inspirados na visão, na audição, no paladar, no tacto e no olfacto, orientados pelo Chef Richie Farina, e toda a atmosfera sensorial da noite pretendem mudar a forma como os participantes pensam sobre esta refeição.

O objectivo é envolver os presentes e amplificar os seus sentidos ao longo da noite: “O sabor de cada prato, mas também as composições musicais originais, os aromas, as projecções visuais e o perfeito cálice de Stella Artois. Estamos a criar a experiência de uma vida”, revela o Chef Farina.

Esta experiência 360º acontece exclusivamente em Toronto (Canadá), entre os dias 10 e 27 de Setembro. Há dois turnos por dia, com 80 lugares disponíveis, e o preço é de 125$ por pessoa (cerca de 112€).

Fontes: Toronto Sun e Stella Artois Sensorium
Tags: cerveja || stella artois || bebida || cerveja belga || álcool || bebida alcoólica || sensorium || 5 sentidos || experiência || stella artois sensorium
 
 
A cerveja belga Leffe lançou um novo modelo da gama Leffe Royale, intitulado Mapuche. O nome deriva do lúpulo argentino utilizado no fabrico da cerveja.  

Com base neste ingrediente especial, o mapuche, a nova cerveja Royale busca o sabor “de frutos silvestres e de frutos vermelhos, bem como de pêssego e alperce”, segundo o mestre cervejeiro da Leffe, Charles Nouwen, autor desta criação.  

Este lançamento sucede ao da Leffe Royale Cascade, uma Indian Pale Ale com notas de sabor a limão e toranja, e da Leffe Royale Whitebread Golding, com base em aromas cítricos e florais.

Fontes:Rayon Boissons e Leffe
Tags: cerveja || cerveja belga || fabrico de cerveja || leffe || leffe royale || leffe royale mapuche || mapuche || argentina
 
 
A cerveja Beck’s criou uma campanha de rua, na Nova Zelândia, sob a forma de um poster interactivo para as pessoas tocarem e escolherem a música que queriam ouvir. A iniciativa foi integrada no New Zealand Music Month.  

Durante o mês de Maio, a Beck’s convidou todos os que passavam a conhecer os seus “playable posters” e a dar música às ruas. Podiam escolher entre 10 novas músicas de 10 artistas neozelandeses e até misturar as faixas, como verdadeiros DJs.

A ideia “a transformar a cerveja em arte desde 1874” deu o mote para esta campanha, que aliou o espírito da marca à paixão universal pela música. São dos primeiros posters musicais “tocáveis” da história e uma forma original de contornar as estritas regulações relativas à publicidade a bebidas alcoólicas do país.  

São proibidos, na Nova Zelândia, quaisquer anúncios que mostrem pessoas a beber excessivamente, que espelhem a alteração de humor de alguém com base na bebida ou mesmo o álcool como um benefício no estilo de vida de cada um.

Fontes:
Ad Week e Creative Guerrilla Marketing
Tags: cerveja || beck's || bebida || campanha || bebida alcoólica || música || publicidade || nova zelândia || posters || playable poster
 
 
O AB Inbev, que integra marcas como Stella Artois, Leffe, Franziskaner, Lowenbrau e Beck’s, anunciou que é o grupo cervejeiro mais eficiente em poupança de água, numa quantidade equivalente à água usada na produção de 4 mil milhões de latas de cerveja.

Os valores respeitam a 2013 e 2014, anos em que o grupo redobrou os esforços ambientalistas. “Acreditamos ter um papel importante de abordar os desafios ambientais mundiais mais críticos”, afirma o CEO, Carlos Brito, referindo a relevância de “fazer esforços para a eficiência da água”.

Em 2015, o AB InBev tem apostado na participação dos funcionários na iniciativa Global Walk for Water, de sensibilização para a poupança nas comunidades, e em campanhas como a Buy a Lady a Drink, de promoção da água potável em países em vias de desenvolvimento.


O grupo pretende manter-se à frente dos outros grandes fabricantes de cerveja, não só na eficiência da água e no apoio às comunidades, mas também na redução das emissões de gases de efeito de estufa, um dos Global Environmental Goals para 2017 já atingido pelo AB InBev.

Fontes:
AB Inbev e Sustainable Brands
Tags: cerveja || beck's || stella artois || ab inbev || buy a lady a drink || água || água potável || fabrico de cerveja || leffe || Franziskaner || löwenbräu || latas || ambiente || ambientalista || sustentável || poupança || eficiência
 
 
A Stella Artois lançou uma edição especial limitada das suas latas de cerveja, desenvolvida pela BBDO Ucrânia especialmente para o Festival de Cannes 2015.

As latas personalizadas da marca belga retratam uma história de amores, perseguições, twists e até uma cena com um helicóptero, com lugar na Riviera Francesa. A banda-desenhada, em francês, está dividida em quatro partes e distribuída por quatro latas, com ilustrações de Olga Bandura.

É quase “um filme em latas”, segundo a apresentação do projecto por parte da BBDO, em homenagem ao festival de cinema que a Stella Artois patrocina desde 2013 – ano em que a marca levou até Cannes, num iate exclusivo, alguns dos seus fãs e consumidores.

Fontes: BBDO Ukraine e Fubiz
Tags: cerveja || stella artois || ab inbev || cerveja belga || edição limitada || consumidores || latas || filme || festival de Cannes
 
 
A belga Stella Artois vai ser a ‘Cerveja e Cidra Oficial’ das corridas hípicas de Royal Ascot, em Inglaterra, por um período de três anos que tem início já em 2015. A marca associa-se assim a um dos mais célebres e antigos eventos da Coroa britânica, com mais de 300 anos de história.

“A Stella Artois partilha os nossos valores de tradição e sofisticação”, afirma a Directora Comercial de Ascot, Juliet Slot. Por seu lado, o Gestor de Marketing da Stella Artois UK, Phil Pick, descreve como um “espelho” o cuidado colocado em cada detalhe nas corridas e a dedicação tida no fabrico da cerveja, que tornam a parceria perfeita.

As corridas hípicas em Ascot acontecem entre os dias 16 e 20 de Junho e contam, para além da Stella Artois, com o apoio de marcas como Wimbledon, The Open e o Festival de Cinema de Cannes.

Fonte: AB InBev UK e Royal Ascot
Tags: cerveja || stella artois || ab inbev || cerveja belga || royal ascot
 
 
O grupo AB InBev, que engloba marcas como Stella Artois, Leffe, HoegaardenLöwenbräu e Beck’s, lançou uma campanha digital que promove conteúdos sobre cerveja. Let’s Grab a Beer?

É o paraíso de qualquer amante de cerveja, que pode encontrar no website notícias, estatísticas, factos e imagens sobre a bebida. Chama-se Let’s Grab a Beer e, através de conteúdos directos e facilmente partilháveis na Internet, procura dar a conhecer melhor a cerveja aos consumidores.

“A nossa intenção é apenas ter um recurso que é relevante, divertido e celebra a cerveja”, declara à Ad Age Julia Mize, Vice-Presidente da empresa para ‘Beer Category + Community’. A quase ausência da marca nos materiais originais e agregados do website mostra este objectivo de se dirigir a todos os públicos, independentemente do rótulo.

Já em 2006 o Anheuser-Busch lançou a campanha “Here’s to Beer”, nos meios televisivo e digital, para promover a cerveja junto dos consumidores de bebidas alcoólicas. Esta nova abordagem reforça a intenção de apresentar o valor da indústria face ao vinho e às bebidas espirituosas.

Fontes: Ad Age e St. Louis Business Journal
Tags: cerveja || consumo de cerveja || beck's || stella artois || ab inbev || bebida || campanha || beber || bebida alcoólica || leffe || consumidores || löwenbräu || website || let's grab a beer || Anheuser-Busch
 
 
Os maiores produtores europeus de cerveja querem passar a apresentar a contagem de calorias nas suas bebidas alcoólicas, de modo a fornecerem aos consumidores mais informações sobre os produtos.

A proposta foi adiantada pela Brewers of Europe, organização que engloba 29 associações nacionais na Europa. O Anheuser-Busch InBev, grupo detentor de marcas como Beck’s, Stella Artois, Leffe, Franziskaner e Hoegaarden, é um dos principais apoiantes da ideia.

“Queremos que os consumidores europeus compreendam os ingredientes da cerveja e como essas cervejas podem integrar um estilo de vida equilibrado”, afirmou o Diretor da Brewers of Europe, Pierre-Olivier Bergeron, realçando a possibilidade de comparação da informação nutricional do produto com outras bebidas, alcoólicas ou não.

A maior preocupação dos consumidores com a saúde, nos mercados desenvolvidos, é um dos motivos para esta aposta por parte da indústria cervejeira, numa óptica de mostrar que a cerveja é produzida com ingredientes naturais e pode até ter benefícios para a saúde. Depois da Europa, estes fabricantes de cerveja podem procurar fazer o mesmo nos Estados Unidos.

Fontes: Wall Street Journal e Medical Xpress
Tags: cerveja || consumo de cerveja || beck's || stella artois || europa || ab inbev || saúde || álcool || leffe || indústria cervejeira || Brewers of Europe || consumidores || informação nutricional || Hoegaarden || Franziskaner
 
 
O grupo AB InBev vai apostar em novos sabores este ano, na Bélgica, com variações das cervejas Leffe, Stella Artois e Hoegaarden, e o lançamento de um novo produto: a Cubanisto.

Chegam ao mercado belga três novas Leffe Royale, usando três variedades de lúpulo (usado no fabrico da cerveja). A Stella Artois terá uma nova cidra e a Hoegaarden lançará duas variantes da Radler, uma cerveja frutada, com menos álcool, criada com sumo de origem natural.

A Cubanisto é a grande novidade de 2015, com o objectivo de concorrer com a célebre cerveja Desperados (com sabor a tequila), oferecendo aroma a rum ao consumidor.

De acordo com Eric Lauwers, director da divisão Benelux-França da multinacional belgo-americano-brasileira, a AB InBev vai investir cem milhões de euros nas quatro fábricas cervejeiras da Bélgica para apostar nestas inovações.

Fontes: La Libre e Gondola
Tags: cerveja || stella artois || ab inbev || fabrico de cerveja || novas cervejas || variedades de cerveja || bélgica || cubanisto || leffe || hogaarden || leffe royale || cidra stella artois || hoegaarden radler || cerveja com aroma a rum || fábrica de cerveja
 
 
Vai ser desenvolvida, no Brasil, uma máquina B.blend que permite ao utilizador produzir cerveja em casa através de cápsulas.

A Ambev, subsidiária da AB InBev e com marcas como Brahma, Beck's, Stella Artois, Leffe, Franziskaner ou Hoegaarden, é a principal impulsionadora da ideia.

A iniciativa é conjunta com a Whirlpool, que ficará encarregue do desenvolvimento do produto. Tal como acontece com o café, o consumidor de cerveja terá diversas cápsulas para escolha.

A máquina doméstica para produção de soft drinks foi já lançada, em 2014, pela Brastemp (marca da Whirlpool), que não incluía, no entanto, cápsulas de cerveja.

A colaboração pretende, agora, expandir a variedade de cápsulas a sumos, bebidas alcoólicas e energéticas.

Fonte: Forbes

Tags: cerveja || ab inbev || bebida || ambev || máquina || máquina doméstica || máquina de cerveja || cápsulas || cápsulas de cerveja || bebida alcoólica || produção doméstica de cerveja
 
 
Uma investigação da Universidade de Lanzhou, na China, revelou que beber cerveja pode proteger o cérebro de doenças neurodegenerativas, como Parkinson ou Alzheimer. Deve-se ao xanthohumol (Xn), componente da cerveja, que tem propriedades antioxidantes.

De acordo com os investigadores, o aparecimento de doenças neuronais está relacionado com a oxidação das células do cérebro. Segundo Jianguo Fang, um dos autores do estudo, o consumo regular de cerveja pode ser benéfico devido à presença de Xn em grandes quantidades.

O elemento integra o lúpulo, usado no fabrico da cerveja, e protege o cérebro do stress oxidativo, impedindo o desenvolvimento destas doenças e ajudando, ainda, a prevenir doenças cardiovasculares, oncológicas, vírus e inflamações.

Apesar da investigação sobre os benefícios da ingestão moderada de álcool se concentrar maioritariamente no vinho, a ideia de que a cerveja não é prejudicial e de que a sua ingestão pode até ser positiva para a saúde é já bastante consistente.

Fonte: The Telegraph
Tags: cerveja || consumo de cerveja || prevenir || prevenção || doenças || neurodegenerativas || investigação || estudo || universidade || beber || cérebro || parkinson || alzheimer || antioxidante || célula || fabrico de cerveja || benefício || saúde || ingestão || álcool || vinho
 
 
A Stella Artois juntou-se à Water.org, organização co-fundada por Matt Damon, para sensibilizar a população perante a falta de água no mundo em vias de desenvolvimento. A campanha Buy a Lady a Drink pretende ajudar os 750 milhões de pessoas que não têm acesso a água potável.

A marca de cerveja belga apela ao donativo para melhorar as condições de vida das mulheres que, diariamente, enfrentam longas distâncias para levar água potável às famílias.

São as suas histórias que são contadas em vídeo, mostrando-se como, em conjunto, passam 200 milhões de horas por dia nesta tarefa, quando podiam estar com as suas famílias, a trabalhar ou a contribuir de outras formas para as comunidades em que vivem.

Ao comprar um cálice edição limitada da Stella Artois, com padrões que representam a Índia, a Etiópia ou as Honduras, cada pessoa garante água potável a uma destas mulheres durante cinco anos. A Stella Artois doa, também, 6,25 dólares por cada cálice vendido, a juntar aos 1,2 milhões doados no lançamento da campanha.

Fonte: AdWeek

Tags: cerveja || stella artois || water.org || buy a lady a drink || água || água potável || campanha || cerveja belga || matt damon || mulher || vídeo || cálice || edição limitada || comunidade || vias de desenvolvimento || donativo
 
 
Um estudo comissionado pela Anheuser-Busch InBev UK & Ireland, detentora de marcas como Stella Artois, Leffe, Hoegaarden, Löwenbräu, Beck’s e Brahma, mostrou que os chamados ‘millennials’ – entre os 18 e os 34 anos – tendem a aceitar melhor a cerveja sem álcool.

O período do Natal deu o mote para este estudo sobre as preferências para o novo ano, revelando que os britânicos consideram a cerveja sem álcool uma bebida socialmente mais aceite do que há cinco anos. A probabilidade de os ‘millennials’ consumirem cerveja não alcoólica em 2015 é oito vezes maior do que na geração de 65 ou mais anos.

Nick Robinson, director de marketing da marca, afirmou que “oferecer escolha aos consumidores é uma parte importante do nosso compromisso com o consumo responsável e estamos orgulhosos por produzir a Beck’s Blue, a líder de mercado de cerveja sem álcool”. Em Agosto, outro estudo confirmara já a tendência de consumo desta cerveja.

A AB InBev mostra-se entusiasmada com os resultados deste estudo realizado no Reino Unido e diz-se atenta às preferências de consumo dos jovens, procurando alternativas ao consumo de álcool e à oferta existente no mercado.

Fontes: The Drum e The Talking Retail


Tags: cerveja || consumo de cerveja || beck's || stella artois || natal || cerveja sem álcool || brahma || ab inbev || consumo responsável || millennials || bebida || beck's blue || mercado || popular || jovens
 
 
Pela primeira vez em oito anos, os alemães consumiram mais cerveja. Em 2014, os números apontam para cerca de 107 litros por pessoa.

O aumento é justificado pelo tempo mais ameno, registado ao longo do ano, e pela vitória da selecção alemã de futebol, no Campeonato do Mundo do Brasil. O incremento no volume de vendas total é ainda atribuído ao crescimento das exportações de cerveja alemã para os EUA e para a China, onde o produto se está a tornar mais popular. A cerveja mais célebre - Pilsner - está disponível em marcas como Beck's ou Stella Artois.

"Estamos a viver um renascimento da cerveja e do seu fabrico", referiu o presidente da Associação Alemã de Fabricantes de Cerveja, Hans-Georg Eils, que espera ver novos tipos de cerveja emergir, em 2015.

O último aumento nas vendas de cerveja alemã tinha sido registado em 2006, quando a Alemanha foi a anfitriã do Campeonato do Mundo de Futebol. Apesar do decréscimo nas vendas até 2014, a Alemanha manteve-se, na Europa, como um dos países que mais cerveja consome per capita.

Fontes: Sky News | The Local Germany
Tags: cerveja || alemanha || campeonato do mundo de futebol || mundial de futebol || futebol || consumo de cerveja || pilsner || beck's || stella artois || europa || selecção de futebol || brasil
 
 
A Stella Artois decidiu apostar no Instagram durante a época do Natal e Ano Novo,  tornando-se a primeira marca de cerveja a anunciar naquela rede social.

Adquirindo espaço publicitário para a sua campanha ‘Give Beautifully’, Stella Artois utiliza seis imagens temáticas que procuram aproximar a sua mensagem de um público mais jovem, activamente envolvido em redes sociais, e especificamente Instagram.

Brindes, a cerveja a acompanhar a típica comida natalícia, as prendas, o espírito e o convívio. Lucas Herscovici, vice-presidente das relações com o consumidor da Anheuser-Busch InBev – à qual pertence a Stella Artois –, explicou à AdWeek que, “dado o compromisso com a perfeição e sofisticação que define a marca Stella Artois, pensámos que apresentar imagens de suporte à campanha da época festiva seria a combinação perfeita”.

O mote da campanha, que passou pela televisão e pelo YouTube, é o fabrico da cerveja, desde a sua criação, como prenda festiva para a população de Leuven, na Bélgica. De 1366 para o presente, a marca oferece histórias verídicas apoiadas na sofisticação da bebida e na familiaridade que a marca transmite.

Fonte: AdWeek

 
 
As embalagens de seis unidades Beck’s ganharam uma nova e inspiradora embalagem, na Nova Zelândia: trata-se de, nada mais nada menos, que uma boombox. A agência de design Think Packaging é a responsável pela criatividade, que reforça a já antiga ligação de Beck’s à música.   

Explica a agência, no seu website, que “fazer cerveja é uma arte, mas a Beck’s é um pouco mais literal com os seus inspirados e artísticos rótulos sobre música. Uma ecléctica mistura de géneros musicais influenciou a mais recente gama de garrafas Beck’s exclusivas, na Nova Zelândia. Cada tema de rótulo reflecte um género específico de música, de uma forma exagerada e quase cliché. Do indie ao hip hop, do rock ao pop, do heavy metal ao punk, Beck’s captou os variados sons que estão sempre presentes na cena musical neozelandesa”.   

A embalagem foi criada no âmbito do projecto Beck’s Art Labels, que adorna as garrafas de cerveja com edições limitadas de rótulos associados ao mundo da música. A boombox Beck’s contém seis garrafas com rótulos originais e oferece, também, um USB com uma playlist patrocinada pela marca. As artes finais deste projecto são da responsabilidade da agência Curious Design.
   
Esta iniciativa enquadra-se no The Green Box Project, um fundo global de apoio ao talento artístico que pretende financiar e divulgar mil projectos ao longo dos próximos três anos.

Foto: Think Packaging
Fonte: PSFK
 
 
O Mundial de Futebol já tem cerveja patrocinadora, mas isso não impediu a Brahma de se inspirar e criar uma acção de activação fora dos estádios para promover a marca: os moradores da área do Maracanã, no Rio de Janeiro, só têm de pendurar uma bandeira da marca e recebem um pack de seis cervejas Brahma.

De acordo com o JORNAL ECONÓMICO VALOR, é oferecido um pack por cada bandeira exposta. Um dos moradores da zona, Emerson Martins, contou que o seu prédio recebeu “mais de 40 packs de cerveja”.

Esta iniciativa insere-se nas actividades de um espaço promocional da Brahma instalado junto aos portões do estádio. Trata-se do Brahma Deck, uma área VIP com capacidade para 300 pessoas, que oferece animação nas horas anteriores às partidas disputadas no Maracanã.

Fonte: VALOR
 
 
O artista norte-americano ROY LOHR, de 60 anos, construiu o que denomina de “nave espacial” a partir de garrafas de cerveja e vinho. A intervenção artística está montada no quintal do próprio Lohr, numa pequena localidade do Novo México.

A temática da intervenção prende-se com o facto da localidade onde vive Roy Lohr se encontrar próxima do sítio onde foi construída a primeira nave espacial comercial do mundo, cujo voo inaugural tem já data marcada para este ano; o custo de cada bilhete rondou os 250 mil dólares.

Fonte: REUTERS
 
 
A Reinheitsgebot - Lei da Pureza Alemã - completou 498 anos, no passado dia 23 de Abril. Criada em 1516 pelo Duque Guilherme IV da Baviera, é a mais antiga norma alimentar do mundo ainda em vigor, orientando o processo produtivo de marcas como LOWENBRAU ou SPATEN.

Originalmente, a Lei da Pureza Alemã regulamentava o preço da cerveja em duas épocas específicas do ano, mas é hoje utilizada pelos seus princípios fundamentais de ingredientes exclusivos para o fabrico de cerveja. A saber: água, malte e lúpulo.

Actualmente, a lista de ingredientes inclui também a levedura, mas à data de criação da Lei da Pureza Alemã não se conhecia o papel exacto da levedura no processo de fermentação e produção de cerveja. Apesar da limitação de ingredientes, são muitas as marcas de cerveja que se orientam por esta lei e, cada uma, produz cervejas intrinsecamente distintas.

Este conjunto de normas não é, contudo, vazio de polémica e é muitas vezes criticado por restringir o processo criativo dos produtores de cerveja, que ficam limitados aos quatro ingredientes permitidos. Tradicionalmente, os produtores belgas opõem-se às regras da Lei da Pureza Alemã e preferem, por oposição, cervejas inovadoras.

Fonte: VEJA SÃO PAULO